Coworking para fotógrafos
85 views |0 comentários

O fotógrafo é um dos profissionais que mais trabalha de forma dinâmica e desprendida. Acostumados com a independência e autonomia, eles procuram por locais de trabalho que atendam aos diferentes conceitos de liberdade. Um modelo que tem um estilo diferente de trabalho é o coworking. Se baseia através colaboração e divisão de um mesmo ambiente, promovendo a interação e convívio de diferentes profissionais. 

As áreas atendidas pelos escritórios compartilhados são muitas, e os fotógrafos não ficam de fora. Na verdade, a ideia de ser fotógrafo e utilizar um coworking como ambiente de trabalho é muito positiva e vantajosa. 

Um pouco mais sobre o mercado da fotografia 

O mercado fotográfico cresceu muito nos últimos anos. Um dos pontos que facilitam esse aumento é o fato de muitos profissionais conseguirem trabalhar para si. Isso não é regra, mas um número significativo de fotógrafos conseguem ganhar a vida com seu próprio trabalho. Ser seu chefe, montar sua agenda, decidir quando e onde trabalhar são fatores que acrescentam muito no cotidiano desses profissionais.  

Em resposta a esse fenômeno, os coworkings estão direcionando parte de seus recursos aos fotógrafos. Como assim? Você deve estar se perguntando. É que com o aumento considerado na área e o avanço da tecnologia, que vem possibilitando boas fotos para amadores – pois basta ter um smartphone com uma boa câmera que já é viável a captura de imagens com alta qualidade – se torna ainda mais necessário que os fotógrafos trabalhem com seriedade, responsabilidade e, acima de tudo, diferencial. 

Essa tendência atende às necessidades do profissional, que muitas vezes precisa de um local calmo e dinâmico para trabalho. Além disso, já existem coworkings que são destinados aos fotógrafos e trabalham com aluguel de estúdios e equipamentos. Dessa forma, dá para unir todas as demandas em um só lugar, que te auxilia a impulsar seu trabalho.  

Fotógrafos
Fonte: Unsplash

Coworking para fotógrafos 

Para se consolidar no mercado, muitos profissionais buscam exibir suas fotos e produções em redes sociais e portfólios. Assim, ganha-se clientes e conquista-se pessoas. Mas, o que também é importante nesse cenário é a obtenção de um espaço físico para a recepção.

Por isso, os coworkings podem ser lugares produtivos e proveitosos. Um dos aspectos que chamam atenção na rotina de fotógrafos é como agenda funciona. Por serem bem dinâmicos, com diferentes jobs, em horários e lugares flexíveis, eles podem optar por planos em coworkings que atendam às suas necessidades e demandas. 

Isso se chama adaptação. Dá para frequentar o espaço compartilhado nos momentos essenciais, como reunião ou encontro com clientes. Assim, molda-se o melhor horário de acordo com a rotina do profissional. Legal, né?

Isso é útil para qualquer profissão, mas o ramo da fotografia tem suas peculiaridades. 

Fotógrafos
Fonte: Unsplash

Vantagens

Para o estímulo da criatividade, os coworkings são excelentes! Eles agrupam diferentes mentes e possibilitam trocas de ideias e experiências. Afinal, sempre temos mais um pouco para aprender, independente da área de atuação.

Pois bem, um dos pontos positivos do escritório compartilhado é esse! Além de ter um custo benefício muito mais em conta, porque a abertura de um escritório próprio pode sair caro para um fotógrafo autônomo. 

Por esses motivos, a ideia de trabalhar em um coworking vem sendo cada vez mais discutida entre os fotógrafos. Por isso, vale a pena ficar de olho nessa tendência! 

Comenta com a gente se você já considerou essa ideia! Estamos curiosos. 

Comentários

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Go Top